Matheus - Luan Comunicação

Quando uma região é atingida por um desastre natural, as equipes de emergência podem ficar sobrecarregadas no momento em que prestar socorro de forma eficiente é algo essencial. O problema em questão não se dá apenas pelo grande volume de chamadas que uma central de emergência recebe; se a rede de comunicação cai, o que acontece é um silêncio ensurdecedor. As equipes de emergência não estão lutando apenas contra todas as adversidades que um desastre natural pode trazer, mas também estão lutando contra o tempo. É preciso determinar quem precisa de ajuda, onde essas pessoas estão e como priorizar essas necessidades para alcançar a todos com segurança. E o concurso Call for Code, da IBM, foi criado para encontrar soluções para esses problemas.

O desafio focado em design de produto está em sua segunda edição e foi criado para incentivar desenvolvedores, cientistas de dados e ativistas a criar suas próprias soluções inovadoras para o atendimento em regiões atingidas por desastres naturais. Este ano, a IBM recebeu mais de 5.000 inscrições de 165 países. Ao todo, 180.000 pessoas participaram do desafio, que incluiu várias fases com competições e eventos locais. Agora, os 5.000 grupos foram resumidos a 5 finalistas; e você os conhecerá hoje, no InovaSocial:

  • Rove – América do Norte

Quando um furacão ou um tornado está próximo, é comum que pessoas localizadas nas regiões a serem atingidas recebam alertas em seus celular. E se esse sistema de alerta pudesse ser um sistema bidirecional, ao invés de uma transmissão, coletando informações vitais daqueles que precisam de ajuda? É aí que Rove entra. Quando as pessoas precisarem de ajuda, elas podem enviar sua solicitação por SMS, o processamento de linguagem natural é avisado de seu pedido de ajuda e um algoritmo é usado para elaborar um painel prioritário com base na localização das pessoas que mais precisam de ajuda.

  • Prometeo – Europa

Durante um incêndio, a ajuda prestada por bombeiros é crucial para as pessoas que estão em risco. Mas quem mantém os bombeiros seguros em condições perigosas? O Prometeo usa sensores e IoT para monitorar os níveis de inalação de fumaça e os efeitos no organismo dos socorristas. Utilizando aprendizado de máquina, o sistema pode detectar quando o nível de toxicidade pode afetar a saúde de um bombeiro, para que ele possa receber atendimento médico antes que os danos sejam permanentes.

 

  • Sparrow – Ásia-Pacífico

A ajuda médica é uma das necessidades mais urgentes após um desastre natural, desde ferimentos sofridos durante o desastre até complicações enfrentadas por pacientes de alto risco, quando medicamentos vitais foram perdidos ou destruídos. Ao empregar uma interface de conversação, o Sparrow, habilitado para IA, conecta pessoas a vários serviços, incluindo acesso a registros médicos ou aconselhamento em tempo real de um médico.

 

 

  • AsTeR – Europa

Devido ao aumento nas chamadas de emergência logo após um desastre natural, as centrais de atendimento são frequentemente inundadas com pedidos de assistência, dificultando a visualização perfeita de como e para onde direcionar recursos de emergência. O Projeto AsTeR usa serviços que transformam fala em texto e processamento de linguagem natural para priorizar chamadas em ordem de nível de emergência. A equipe usa a IA para gerar um mapa de calor, que mostra aos serviços de emergência onde a ajuda é mais necessária.

 

 

  • Healios – América do Norte

A ajuda a uma região afetada por um desastre natural é necessária tanto imediatamente, quanto a longo prazo. O caos de um desastre natural aumenta as necessidades relacionadas à saúde mental das comunidades afetadas. Helios é um projeto que usa um serviço de conversação e IA para ajudar a conectar aqueles que precisam de cuidados de saúde mental com os profissionais adequados, através de um app desenvolvido para iOS e Android que pode fornecer atendimento de saúde mental de alta qualidade em grande escala.

 

 

O vencedor, que será anunciado em outubro, receberá um prêmio de US$ 200.000 e trabalhará com a IBM e a Linux Foundation para criar um protótipo de código aberto. Eles também terão acesso à iniciativa Code and Response da IBM, projeto que leva tecnologias de código aberto às comunidades onde elas são mais necessárias.

“Desde o início do Call for Code, em 2018, buscamos ideias que pudessem ser sustentadas como projetos de código aberto, a fim de causar um impacto positivo e duradouro no mundo”, diz Daniel Krook, diretor de tecnologia da iniciativa Code and Response da IBM. “Ao destacar esses ideias, esperamos chamar a atenção para as formas pelas quais a tecnologia e os desenvolvedores que a utilizam podem ter um impacto positivo em suas próprias comunidades.”

Project Owl, vencedor de 2018, desenvolveu hexágonos tridimensionais de borracha que podem ser lançados sobre zonas de desastre. Cada uma dessas formas possui um transmissor de Wi-Fi em miniatura que pode ser sincronizado com os outros transmissores, criando uma rede móvel improvisada.

 

20 de setembro de 2019

CALL FOR CODE: CONHEÇA OS FINALISTAS DO CONCURSO QUE BUSCA SOLUÇÕES INOVADORAS PARA ATENDIMENTO APÓS DESASTRES NATURAIS

Quando uma região é atingida por um desastre natural, as equipes de emergência podem ficar sobrecarregadas no momento em que prestar socorro de forma eficiente é algo essencial. O problema em questão não se dá apenas pelo grande volume de chamadas que uma central de emergência recebe; se a rede […]
18 de setembro de 2019

Mais um episódio no ar da série ‘Eu Apoio’

Mais um episódio no ar da série ‘Eu Apoio’, parceria com a Aupa – Jornalismo em Negócios de Impacto Social. Neste, a SITAWI conta um pouco sobre sua atuação no setor. Clique aqui e confira!  
17 de setembro de 2019

POR DENTRO DO MAIOR ESTACIONAMENTO DE BICICLETAS DO MUNDO

Aparentemente, Utrecht é uma de nossas maiores inspirações nos últimos meses no quesito “cidades inovadoras”. Hoje, a cidade holandesa está aparecendo no InovaSocial pelo terceiro mês seguido e o projeto da vez é grande. Gigante. Recentemente, em Utrecht, foi inaugurado o maior estacionamento de bicicletas do mundo, com espaço para 12.656 bicicletas. […]
17 de setembro de 2019

Impacto na encruzilhada: para onde estamos indo?

Já falamos em algumas ocasiões aqui na Deep sobre o crescimento e o destaque que os negócios de impacto têm ganhado no mercado e ecossistema de inovação brasileiro. Hoje, convidamos outro parceiro para contribuir com nossas reflexões: o Fábio Deboni, gestor no Instituto Sabin, que está com a Wylinka no Deep Tech […]
17 de setembro de 2019

TED TALKS: COMO ESTIMULAR SEU ESPÍRITO INOVADOR?

A semana começou e você sente que precisa dar uma refrescada nas ideias? Estimule sua criatividade e seu espírito inovador com nossa seleção especial de TED Talks. Vittorio Loreto: Precisa de uma ideia nova? Comece no limite do que é conhecido. “De onde vêm as grandes ideias?” Começando com essa […]
16 de setembro de 2019

CONFIRA NOSSA SELEÇÃO ESPECIAL DE PODCASTS SOBRE SAÚDE MENTAL

Dos assuntos mais discutidos atualmente, nós podemos “pinçar” dois temas muito populares: saúde mental e podcasts. Esses assuntos podem até parecer não ter uma ligação direta, mas tem sido cada vez mais comum encontrá-los na mesma frase. Ou alguém lança um novo podcast sobre saúde mental, ou um podcast sobre assuntos diversos lança um episódio sobre […]