O Instituto Sabin foi criado em 2005 com a missão de coordenar as ações de responsabilidade social já existentes no Grupo Sabin. Atuou com diversas áreas temáticas, as quais foram sendo mais concentradas e alinhadas às áreas de atuação do Grupo Sabin. Desde 2014 a missão do Instituto Sabin é a de "contribuir com a melhoria da qualidade de vida de comunidades onde o Grupo Sabin atua, nas áreas de saúde, esporte e inovação social".

18 de maio de 2019

Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual

A consultora técnica do Instituto Sabin – Fernanda Jota – explica um pouco sobre a data escolhida para a mobilização contra violência sexual e sua notória importância para a sociedade! O objetivo da campanha anual é ressaltar a responsabilidade do poder público e da sociedade na implementação do Plano Nacional […]
17 de maio de 2019

Concluímos há pouco mais um mutirão de atendimento do Projeto ‘Criança e Saúde’

Concluímos há pouco mais um mutirão de atendimento do Projeto ‘Criança e Saúde’ junto ao Grupo Fraternidade e Caridade, no Jardim ABC – GO. Nossos agradecimentos aos voluntários e parceiros!
17 de maio de 2019

Vamos realizar hoje mais um mutirão do Projeto “Criança e Saúde”

Vamos realizar hoje mais um mutirão do Projeto “Criança e Saúde”. Serão atendidas 70 crianças do Grupo Fraternidade e Caridade, no Jardim ABC – GO.
17 de maio de 2019

Nosso gestor publicou novo artigo, em inglês, junto à SIX – Social Innovation Exchange

Nosso gestor publicou novo artigo, em inglês, junto à SIX – Social Innovation Exchange. O Instituto Sabin foi convidado e agora integra o Conselho Global da SIX. Our manager published a new article on SIX´s website. Sabin Institute was invited to join to SIX Global Council. leia aqui

Ludotecas

Percebendo uma demanda bastante reprimida de espaços lúdicos voltados para o atendimento de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual (e outras violências) no Distrito Federal, foi criado em 2008 o Projeto Ludoteca. A intenção era proporcionar uma melhoria nos atendimentos realizados na rede pública (de saúde, de justiça e de assistência social) voltados a crianças e adolescentes em situação de violência, maus tratos ou negligência.

103

Unidades

+10 anos

de serviço a população