O Instituto Sabin foi criado em 2005 com a missão de coordenar as ações de responsabilidade social já existentes no Grupo Sabin. Atuou com diversas áreas temáticas, as quais foram sendo mais concentradas e alinhadas às áreas de atuação do Grupo Sabin. Desde 2014 a missão do Instituto Sabin é a de "contribuir com a melhoria da qualidade de vida de comunidades onde o Grupo Sabin atua, nas áreas de saúde, esporte e inovação social".

22 de julho de 2019

MICROMOBILIDADE E CARRO VOADOR, VOCÊ EMBARCARIA?

Nem tudo são flores na era da mobilidade urbana. De um lado novidades surgindo com força. De outro, ‘novas soluções’ passam a trazer problemas, forçando medidas em diversas cidades do mundo. Clique aqui e confira no InovaSocial.  
22 de julho de 2019

Equipe de Esportes Sabin São José

Equipe de Esportes Sabin São José dos Campos participou de corrida de rua neste fim de semana. Parabéns aos atletas!  
19 de julho de 2019

Dinheiro para causar impacto social – 1 Papo Reto

ma das queixas recorrentes das ONGs e dos empreendedores que atuam com projetos de impacto social, especialmente na base da pirâmide, é a falta de recursos. Na verdade, dinheiro disponível existe. Uma prova disso é que os brasileiros possuem R$ 800 bilhões depositados em contas de cadernetas de poupança. A […]
19 de julho de 2019

CONHEÇA OS FINALISTAS DO PRÊMIO FUNDAÇÃO BANCO DO BRASIL DE TECNOLOGIAS SOCIAIS

As 24 tecnologias sociais finalistas do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologias Sociais de 2019 já são conhecidas. As iniciativas brasileiras que concorrem à premiação final são dos estados de Alagoas, Amazonas, Ceará, Distrito Federal,Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Santa Catarina e Sergipe. Já […]

Ludotecas

Percebendo uma demanda bastante reprimida de espaços lúdicos voltados para o atendimento de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual (e outras violências) no Distrito Federal, foi criado em 2008 o Projeto Ludoteca. A intenção era proporcionar uma melhoria nos atendimentos realizados na rede pública (de saúde, de justiça e de assistência social) voltados a crianças e adolescentes em situação de violência, maus tratos ou negligência.

105

Unidades

+10 anos

de serviço a população